major eléctrico


quarta-feira, fevereiro 28, 2007
--------------------------------------------------------------------

New School (10)


Mujaba: água e calor.

Keith Worthy «Emotional Content» 12" Aesthetic Audio 2007
O sempre orgulhoso 'Made In Detroit' nestes discos funciona quase como selo de garantia. Podia não ser, mas é. Primeiro maxi numa nova editora, o título não engana: Deep House atmosférica, percussiva por baixo da pressão do ambiente, não exactamente limpa como Jus-Ed ou Patrice Scott, mais na zona de Omar-S. O jogo de congas em contraponto à electrónica faz de «A Song For Geli», a terceira e última faixa, um monumento à melhor IDM dos anos 90. Sem nada copiar, mantém o espírito de aventura.
Mujaba «Noemi/Malibu Stacey» 12" Four Roses 2007
Ano incrível para House? A Four Roses já mostra faixas de Motor City Drum Ensemble e Mujaba, mas só este último projecto foi ainda colocado em disco. Génio atrás de génio. Mujaba tem MySpace mas isso não adianta muita informação. Este maxi é praticamente conduzido pelo piano, convocando antigos espíritos House, mas a manobra é tão contida e apoiada que a pista de dança não consegue conter tudo o que esta música tem de BOM. «Noemi» tem tempo normal, «Malibu Stacey» no lado B é mais lento, cena Theo Parrish, sempre com nível de emoção bem alto e, depois da quebra, o piano domina.
Add Noise «Handwerk» 12" Handwerk 2006
«Loose Wire» fez tudo por nós, «The Cha-Cha Machine» apenas parte. «Handwerk» situa-se no mesmo plano de Sleeparchive, 'techno reduzido e drogado', segundo o press release, mas faz outras coisas que Sleeparchive não faz por estar demasiado preso ao som Mika Vainio/Plastikman. Industrial em densidade, mas suave na prática, o maxi enche na perfeição uma sala com os seus kling klangs e vapores.
Redshape «Alone On Mars?/Species» 12" Present 2007
Segundo maxi na Present, depois de «Playground», mais drama espacial. «Alone On Mars» está na fronteira com o Space Disco, evolui cada vez com mais classe sem ficar estupidamente moderno (dá sempre para perceber os beats old-school); «Species» é uma maravilha ácida, começa quase Carl Craig mas distancia-se para o planeta vermelho, a cor de Redshape.
CH-Signal Laboratories (8003 Lucerne) «Hypnotica Scale» 12" Sandwell District 2007
A dose certa de opressão. Aparentemente feito em Berlim por alguém conhecido que não quer revelar o nome, mas há qualquer coisa no lado A que soa a Monolake (a pancada no fim de cada compasso?). Escuro, repetitivo, cheio de grão e em vinil azul.




3 Comentários:

em 10:02 da tarde, Anonymous dub disse...

Estou contigo, ano incrível para a house ao que tudo indica.

E estou a dizer isso sem ouvir Mojuba o que, e tendo em conta que confio cegamente no teu gosto, reforçaria ainda mais essa ideia.

 
em 11:31 da tarde, Blogger Major Eléctrico disse...

Se puderes, ouve as faixas no MySpace da editora:
http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendID=133244353

É coisa para gostares : )

 
em 3:37 da manhã, Blogger dub disse...

é isto mesmo, major. é isto mesmo. muito muito bom.

e é mujaba, não mojuba. já estava a pensar na editora que estimo.

 

Enviar um comentário

<< de volta ao início